Este blog foi desativado em 10/03/2014. Visite o novo projeto: Como está escrito

terça-feira, 7 de fevereiro de 2006

Dependência de Deus 1



Os espinhos lhe rasgavam a roupa e as carnes, mas mesmo assim, continuava a subir. Finalmente não pôde subir mais e levou um tombo cruel.
Um certo senhor, acompanhado por sua filhinha, ia subir uma montanha muito alta. Sugeriu que a menina fosse na frente e ele atrás. Ela começou a subida com muito entusiasmo, pois queria mostrar ao pai como era forte e capaz. O caminho, porém, tornava-se cada vez mais íngreme e difícil e a menina por isso, caía de vez em quando, mas porque era corajosa, levantava-se e punha-se novamente a subir. Os espinhos lhe rasgavam a roupa e as carnes, mas mesmo assim, continuava a subir. Finalmente não pôde subir mais e levou um tombo cruel. Então chorando se virou para o pai. Ele a tomou nos braços e a levou assim até o cume.
Ele não esperava que ela subisse sozinha. Deus não quer que subamos a montanha da vida a sós. Toda a nossa experiência nos ensina que temos um grande amigo invisível, mas muito real, que espera o momento em que nós cônscios da nossa fraqueza, nos voltemos para Ele, em busca da proteção e auxílio que Ele nos quer dar.

***

Quão difícil é aceitar ajuda... Quão fácil é achar que podemos fazer as coisas sozinhos... penso que fazemos isso até para que possamos dizer depois que os méritos são todos nossos. Para nossa "glória"...
Devemos, sim, fazer a nossa parte. Também não podemos ir de um extremo ao outro, e esperar que Deus faça tudo e nós só ficamos esperando o resultado. Há coisas que estão ao nosso alcance, e outras não. O que conseguimos fazer, bom, então façamos. O que não conseguimos, entregamos nas mãos de Deus.

Se Deus é por nós, quem será contra nós? -Rm 8:31.
Dá esforço ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.
Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os mancebos certamente cairão,
Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças, subirão com asas como águias: correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. - Is 40:29-31

Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus: eu te esforço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Is 41:10

comment 1 comentário(s):

Gerlane on 14 de novembro de 2009 17:19 disse...

Infelizmente, é assim que temos agido. Quão tolos somos nós ao pensar que temos condições de fazer algo ou mesmo de viver nossa vida sem a ajuda de Deus! Precisamos do Senhor, mas o homem tem a mania de se rebelar e teima em viver em sua independência, independência essa que traz apenas confusão, sofrimento e canseira.Veja só o que a rebeldia e o desejo de independência trouxe para o povo de Israel durante a trajetória no deserto!
Há aida os que caem no extremo da superstição, esperando que Deus faça tudo. Mas não é assim que as coisas funcionam. O Senhor, independente de qualquer coisa, fará a Sua parte, mas Ele espera que façamos a nossa, como orar, esperar, e diante dessa espera, descansar no Senhor, sabendo que o melhor Ele fará. E ao contrário do que possa parecer, isso não é uma barganha - Eu faço isso e logo Deus me concede o que quero - não. Até mesmo porque esse é um costume do homem, e Deus não age assim, de modo nenhum. O que Ele requer de nós é dependência total dEle.

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails